As praias de Aruba

Baby beach

Baby beach

Para chegar a Baby beach, basta pegar um ônibus no terminal de Oranjestad e descer no ponto final, que fica na estação de San Nicolas (duração da viagem: 30min). Chegando lá, há uma van que passa a cada hora, saindo da estação San Nicolas com destino a Baby beach (10-15min).

A van só funciona de segunda à sexta de 10h (primeiro horário que sai para a praia) às 17h:30h (último horário que volta da praia). Durante o trajeto, você vai ver o presídio de Aruba. Segundo o motorista, cerca de duas pessoas são presas por ano (isso mesmo, DUAS!). Ele até deu exemplo do sobrinho da esposa dele que ateou fogo na casa e foi preso – o menino tem problemas psicológicos.

Antigamente a praia de Baby beach era privada, apenas os moradores podiam entrar. Hoje, ela é pública e foi considerada por mim, a praia mais rústica que já fui. Nela tem apenas um restaurante/bar, então é melhor levar a bolsa térmica com o necessário para passar o dia. Também aconselho levar óculos de mergulho para observar os peixes, que é a coisa mais linda!

Malmok beach, Aruba

Malmok beach, Boca Catalina beach e Arashi beach

Fazem parte do conjunto de praias ao Norte e que ainda são tranquilas para o banho. Arashi é a única que tem uma faixa mais extensa de areia e dispõe de um bar. As outras só é possível ajeitar uma canga e olhe lá! Elas ficam na estrada, mas são muito lindas, sugiro conhecer. Em Malmok, é possível comprar um passeio de navio pirata, que fica atracado na praia.

Palm beach, onde ficam os hotéis pé na areia

Palm beach

É a praia que fica na beira dos arranha-céus, ou seja, dos imensos e luxuosos hotéis de Aruba. Esses hotéis tomam conta de praticamente toda a praia! Eles colocam as espreguiçadeiras na areia e somente os hóspedes podem utilizar, mas é perfeitamente possível que algum turista coloque uma canga na areia e fique aproveitando a praia. Essa é a praia que a maioria dos turistas ficam, mas não é a mais famosa.

Eagle beach, cartão postal de Aruba

Eagle beach

É sem dúvidas a praia mais famosa de Aruba! Está em quase todos os cartões postais. As árvores na praia são tortas e a árvore-símbolo de Eagle Beach tem uma senhora fila para tirar foto. Em todos os dias que passei por lá, as pessoas utilizam a árvore como apoio para pendurar roupas, bolsas etc. Acho um pecado, mas não tem nada que diga que não pode.

De qualquer forma, se um turista quiser tirar foto com a árvore vai ter que tentar esconder da foto a bagunça que deixam de tantas coisas penduradas nas árvores (para ver que existe falta de educação em todo lugar).

São poucos os hotéis que ficam próximos a praia e mesmo assim estava sempre cheia. Então eu não achei válido ficar por lá mais do que um dia. Só passava em frente de ônibus (todas as vezes que passei, tinham pessoas tirando foto com a árvore).

Califórnia beach

Califórnia beach

Eu só passei pela placa, pois a praia é bem mais afastada. Ela não é considerada apropriada para banho, pois tem muitas ondas e, por isso, recebem surfistas o ano inteiro. A placa que dá a direção à praia, é bem clara ao dizer que se você quiser ir, é por sua conta em risco, haha! Não dá para chegar de carro, precisa ir a pé um bom caminho e, a impressão que tive, é que ela estava totalmente vazia.

California Lighthouse

California Lighthouse

Não se trata de uma praia mas de um farol, que fica após a praia de Arashi.  O caminho de Arashi beach até lá é como se fosse um deserto. Só passava carro/ônibus e, no máximo, uma bicicleta. Não é uma boa ideia ir andando, já deixo registrado aqui o meu perrengue! haha Eu levei em torno de 1h a 1h30min andando do Holiday Inn até lá. Ao chegar, descobri que tinha que pagar $35 para subir. O preço atraiu poucos turistas, que preferiam tirar foto do lado de fora mesmo.

Para mais informações sobre Aruba: www.instagram.com/tripbruta

Anúncios