Colônia, um festival de atrações (parte II)

Colônia conta com uma grande variedade de restaurantes, que vão desde a culinária asiática até a brasileira. Quando for a um pub, bar ou restaurante, não esqueça de pedir sua Kölsch, que é a cerveja tradicional da cidade. Ah, jamais peça Altbier! Pode pedir qualquer uma, exceto essa.

O que acontece é que a cerveja Kölsch, que é a tradicional de Colônia e muito famosa pelos arredores, compete significativamente com a Altbier, cerveja típica de Düsseldorf, cidade vizinha e capital do Estado de Nordrhein-Westfalen. Os cidadãos de Colônia implicam com a cerveja de Düsseldorf e vice-versa. Eles têm essa rixa entre as cidades e uma disputa interna por conta da melhor cerveja, então se for para Colônia, beba a Kölsch e se for para Düsseldorf, beba a Altbier, assim não irá atrair olhares tortos.

dsc03898

Próximo a Catedral, você consegue encontrar duas ótimas cervejarias, a Gaffel (que fica perto da estação central) e do outro lado, a Früh. Em ambas você encontra comida típica alemã por um preço bem mais em conta que nas ruas de bares e restaurantes. A diferença de preço pode chegar a ser de 50% do valor.

Dicas importantes:

  1. A maioria dos estabelecimentos NÃO aceita cartões de crédito! É bom perguntar antes para não ter surpresas indesejadas.
  2. As cervejas no supermercado vão custar muitíssimo menos do que em qualquer barzinho. Tem cervejas boas por 0,69 cents e se você quiser pagar um pouquinho a mais, tem como levá-las já geladas.
  3. Em boa parte da Europa, é considerado ofensa beber na rua (fora de ambientes próprios para isso), mas isso não se aplica a Colônia. Eu, pelo menos, sempre que saí com meus amigos por lá, via os alemães beberem no meio da rua, em parques e praças, a qualquer hora do dia ou da noite.
  4. Se o garçom for grosso contigo, não se sinta tão mal. Ele costuma ser assim com todo mundo.
  5. Caso você não queira mais cerveja (ou não queira ganhar uma conta exorbitante para pagar), tape seu copo com a bolacha que fica embaixo do copo/caneco, ou então o garçom te servirá cerveja eternamente. Relembrando a primeira dica: leve sempre dinheiro vivo e cartões de débito, porque a maioria dos estabelecimentos não aceitam cartões de crédito.
10697332_489402847868275_4071687587984998458_o
Foto tirada da ponte Hohenzollern, a ponte dos cadeados.

Se ainda lhe sobrar tempo ou você não esteja tão interessado assim em visitar tantos museus, há opções de passeios de barco pelo rio Reno, que demoram cerca de uma hora. A quase totalidade dos barcos, costuma sair próximo ao Museu do Chocolate e a empresa mais conhecida é a K-D (não considero a mais em conta, porém nunca ouvi falarem mal dela).

Se não for andar de barco, pode optar por ir andando em direção a ponte Hohenzollern, que é a famosa ponte dos cadeados (inclusive foi aqui que surgiu a tradição) e depois caminhar às margens do Reno, apreciando um pouco da cultura alemã.  Nesta caminhada despretensiosa, você encontrará casinhas típicas e barraquinhas para comer ou beber alguma coisa, além de poder fazer belas fotos.

img_20140920_113602
Hoje em dia, os cadeados ficam uns sobre os outros.

Colônia não é conhecida apenas por sua imponente Catedral e belos museus, ela também abriga o maior Carnaval da Europa! E isso é realmente uma data marcante na cidade. Nesta época do ano, suas ruas ficam cheias de gente pulando, dançando, bebendo e cantando. A cidade multicultural se enche de cor!

Caso você pretenda viajar um pouco antes do inverno para a Europa, não deixe de vir a Colônia antes do meio de novembro, pois dia 11/11 às 11h11, anualmente acontece a abertura do Carnaval, que dura até fevereiro ou março, de acordo com o dia que cai quarta-feira de cinzas. Desde essa data, acontecem muitas festas pela cidade, parando somente no período de Advento e Natal.

karneval
Carnaval/Karneval

Hoje, a festa é conhecida como a quinta estação do ano. Em fevereiro/março, ocorre o Strassencarneval (bem parecido com os nossos blocos de ruas no Brasil, só que sem trio elétrico para seguir), onde milhares de pessoas se fantasiam e vão às ruas festejar com muita salsicha e cerveja. Na quarta-feira de cinzas, os alemães queimam um boneco de palha (se chama Nubel), pois ele é o “responsável” por todos os pecados que foram cometidos no Carnaval.

É importante ir fantasiado, não importa com o quê. Se estiver sem fantasias, use pelo menos algo colorido, porque todo mundo vai estar fantasiado (mesmo que seja para ir trabalhar).

E você, já conhece Colônia?

 

Anúncios

111 comentários sobre “Colônia, um festival de atrações (parte II)

    1. Que ótimo!! Sério, fico muito muito feliz de voce querer conhecer a Alemanha. Ainda vou falar de todas essas cidades no blog, onde comer, o que visitar… até porque morei um tempo por lá.
      Entao se precisar de alguma ajuda quanto a intercambio, é só me mandar um e-mail: tripbruta@hotmail.com
      Será um prazer ajudar ou te incentivar ainda mais! 😉
      Bjss

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s