Zakynthos e a praia mais bonita do mundo

Zakynthos ou Zante (em italiano) é a terceira maior das ilhas Jônicas e abriga a praia mais linda do mundo. Com sua incomparável água azul e sem precisar sequer de um contraste no photoshop, Navagio Beach tem encantado a todos os seus visitantes, o que tem proporcionado um grande salto no turismo da região.

O lugar é único e de tirar o fôlego, então não é de se espantar que fique lotada em certas épocas do ano, mas pasmem(!), em junho não estava o que podemos chamar de lotado. Aparentemente, o turismo vem crescendo, mas ainda não ganhou força como em outras ilhas gregas.

De acordo com minha experiência e da minha amiga Thaísa, montamos um roteiro, onde incluímos gastos com hospedagem, transporte (interno e externo), comida, passeios e nossas opiniões sobre o lugar.

Preparem-se para fotos mega azuis e volto a frisar: sem photoshop!

Blue cave

Blue cave

  1. HOSPEDAGEM:

Hospedagem por 4 dias no Pettas Apartments, em Zakynthos town. O lugar é administrado por uma família muito simpática, receptiva e prestativa, que oferecem transfer gratuito do aeroporto (anfitriões nota 10).

O apartamento que escolhemos era muito bom, bem equipado, com cama de casal, banheiro e cozinha privativos (este último ajudou bastante a economizar com alimentação).

A escolha de nos hospedarmos no centro de Zante, como qualquer coisa nesse mundo, teve suas vantagens e desvantagens.

Vantagens: próximo ao comércio, restaurantes, feirinhas, mercados, hospitais… tudo! É onde Zakynthos realmente funciona, o coração urbano da ilha. Também fica próximo às praias do sul, que são muito bonitas.

Desvantagens: a principal delas é estar longe da região Norte – a parte mais paradisíaca da ilha -, composta pela famosa praia de Navagio Beach, Xygia, Little Xygia, Makrys Gialos, etc.

As praias do Norte são realmente as mais deslumbrantes e com o azul mais lindo de toda a ilha (e da vida). Conhecer as praias do Sul valeu muito a pena, mas de fato a magia da ilha é no Norte.

Demorávamos aproximadamente 35/40 minutos para ir até a região norte. O tempo e trajeto não nos atrapalharam, pelo contrário, gostamos bastante de curtir as belas paisagens que haviam no caminho. Eram várias praias e sempre parávamos para descobrir algo novo.

Além disso, ouvimos alguns relatos de pessoas que se hospedaram fora do centro da ilha e não gostaram porque não havia opção de comércio, restaurantes e vida urbana próximos. Era estilo ilha deserta mesmo, natureza e nada mais, daí depende da vibe de cada um.

Apesar de o centro de Zakynthos ser a referência urbana na ilha, achamos a cidade muito pacata (e parada), sem vida noturna, com pouco fluxo de pessoas e poucos carros, mas tudo o que precisávamos estava próximo.

Valor total das diárias: 128 euros – 460 reais.

Link para a hospedagemPettas Apartments

4

Navagio beach vista de cima

  1. TRANSPORTE INTERNO:

O transporte foi caro e nos arrependemos. Apesar de receptivo e simpático, o dono do hotel nos deu um conselho que preferimos entender como “precipitado” sobre um carro para alugar de uma locadora que ele indicou: “150 euros para 3 dias de carro está muito barato, vocês não encontrarão nada melhor”. Acreditamos no nativo e não foi legal.

Alugamos o carro assim que chegamos, sem pesquisar e pelo telefone do hotel mesmo. No dia seguinte, quando fomos abastecer no centro, vimos várias locadoras de carros oferecendo diária por 25 euros.

Então SUPER DICA: Aluguem carro no centro onde tem maior oferta de locadoras. Por mais que os anfitriões sejam gente boa e solícitos, amigos, amigos, negócios à parte.

Não indicamos triciclo porque o trajeto do centro para o norte era longo e algumas partes tinham curvas bem sinuosas.

Gasolina: 40 euros (13,3 euros de gasolina por dia).

Gasto total: 190 euros – 695 reais.

Gasto que deveríamos ter tido: 115 euros – 420 reais.

11

  1. ALIMENTAÇÃO:

Jantamos fora por 3 dias e gastamos em média 15 euros por pessoa em cada jantar. O centro de Zante tem várias opções de restaurantes bons e baratos e nas demais refeições, o lema era: o que tiver barato no supermercado. Nossos suprimentos para os 4 dias foram: pão, leite, queijo, biscoitos, geléia, macarrão, ovos e o que mais tivesse em promoção. Isso tudo custou em média 50 euros.

Gasto total: 140 euros – 272 reais.

10 (2)

Shipwreck: vista ao chegar na praia

  1. PASSEIOS:

Foram feitos dois passeios de barco para Navagio Beach, pois no primeiro dia a maré estava alta e não foi possível mergulhar, então voltamos no dia seguinte para nadar no azul mágico. Cada passeio custou 20 euros por pessoa.

Gasto total: 80 euros – 292 reais.

  1. TRANSPORTE EXTERNO:

Fizemos o trajeto que em nossa pesquisa foi o mais barato: Roma – Zakynthos e Zakynthos – Atenas.

2

Nota: melhor ir cedinho, pois lá pelas 9h a praia já está lotada

Sem dúvidas, Navagio é a praia mais espetacular da ilha grega Zakynthos e eu mesma poderia dizer que da Europa, do mundo!
A praia de areia branca e as águas profundas e azuis cercadas pelos altos penhascos de pedra calcária são uma das paisagens mais belas que já vi! O navio dos contrabandistas que encalhou na praia é apenas a cereja do bolo para completar a vista. ❤

*Valores e informações referente a 17 JUNHO – 21 DE JUNHO 2017

14 comentários sobre “Zakynthos e a praia mais bonita do mundo

  1. Olá, meninas! =)
    M E U DE US, que paraíso é esse, gente? Que águas limpinhas, azuis demais… Estou encantado pelo que vi nas fotos. Nunca ouvi falar nessa ilha até então… Foi uma ótima dica. E olha… essa do transporte realmente concordo com você: por mais que sejam simpáticos demais, amizade e negócios à parte. é sempre bom pesquisar mais um pouco mesmo.

    XOXO,
    Di, Blog Vida & Letras
    http://www.blogvidaeletras.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa, gostei demais desse post e do seu blog. As fotos são incríveis, as dicas parecem valiosas para quem vai ou pretende viajar pra lá… Há seis anos, quando eu e minha esposa nos casamos, fizemos um blog com relatos da viagem de Lua de Mel, o Notas Andarilhas ( https://notasandarilhas.wordpress.com/ ). Mas como não somos nada viajantes, o blog ficou numa única grande viagem. Só que com um relato bem minucioso de nossa viagem para Colômbia (Bogotá e, sobretudo, Cartagena das Índias).
    Acho que vou ler seu blog inteiro, sobretudo os destinos menos triviais (Romênia e Eslováquia, por exemplo).
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s