Cabo Norte, Fim do Mundo, Noruega

Já pensou pegar o carro e dirigir até o fim do mundo? E que tal seria ver a Aurora Boreal ou o famoso sol da meia-noite no ponto terrestre mais ao norte da Europa?

North Cape TripBruta 1-01

O Globo no Fim do Mundo

Cabo Norte (em norueguês: Nordkapp) é um cabo na ilha de Magerøya no norte da Noruega, na comuna de Nordkapp (pois é, criatividade). Tem 307 metros de altura sobre o mar da Noruega e mar de Barents, e com frequência é referenciado como o ponto mais setentrional da Europa. E como se isso não fosse o suficiente para me fazer ir até lá, o local ainda é conhecido como o Fim do Mundo!

Não pensei duas vezes e tratei de alugar um carro em Alta, cidade ao norte da Noruega, já no Círculo Polar Ártico, e partir para Nordkapp (Cabo Norte). Já estava me sentindo no terceiro filme de Piratas do Caribe.

A estrada até lá é boa e muito bem pavimentada, como em todo o país. Agora, no final de janeiro, aparentemente não neva tanto, mas durante a viagem não parava de ventar (e os ventos eram relativamente fortes, dava pra ouvir o barulho e tudo).

North Cape TripBruta 2

Amanhecer em Finnmark com as famosas e raras irish clouds

Os dias nesta época do ano são extremamente curtos, visto que amanhecia lá pelas 10h e anoitecia por volta de 14h30. A noite parece não ter fim, mas para caçar a tão famosa Aurora Boreal, este é o melhor momento.

Passei por várias cidadezinhas, cada uma mais encantadora que a outra; algumas aparentemente inóspitas, mas pelo frio que fazia, eu mesma não poria meu narizinho para fora de casa se não estivesse com muita fome.

Para chegar ao Cabo Norte (que em norueguês se chama Nordkapp e é assim que continuarei chamando por aqui), é imprescindível seguir o GPS se você não está indo com nenhum nativo. Quando cheguei, o caminho estava fechado e eu conseguia ver que a ruazinha para onde dava o Nordkapp estava atolada em neve. Minha sorte foi que apareceu um trator atrás do meu carro e eu e meu norueguês básico fomos lá tentar perguntar o que fazer, mas o motorista me deu um banho de inglês perfeito e eu logo desisti de arranhar no meu norueguês. Ele explicou sobre o horário de abertura e que a abertura da cancela se daria às 10h e que era necessário o trator ir na frente para abrir caminho.

North Cape TripBruta 3

Vista da aldeia de Skarsvåg

Por conta disso, ao invés de virar à esquerda, preferi continuar o meu caminho em linha reta, indo parar em Skarsvåg, a aldeia de pescadores mais ao norte do mundo! A frota pesqueira local pesca principalmente o bacalhau nas águas a norte de Magerøya. Só tem barco naquele lugar! Se eu vi uns três carros, além do meu, foi muito. E também não tem muita gente morando por ali, são cerca de 60 residentes e o único ponto turístico é a Igreja Skarsvåg.

Pois bem, desci do carro e fui explorar o vilarejo. Encontrei um centro turístico totalmente vazio, com um papel de aviso dizendo: “Provavelmente estamos fazendo alguma trilha. Será um prazer encontra-lo”, porém eu me recuso a acreditar que eles estariam fazendo hiking num frio de -30°C.

Depois de ter explorado todo o vilarejo e ter tirado muitas e muitas fotos, voltamos a estrada que dá acesso à pontinha do nosso querido Nordkapp. Subimos com o carro atrás dos tratores que iam retirando a neve e chegamos ao estacionamento. Dica importante: ao chegar na cancela, mesmo que ela esteja aberta, paguem ao moço que estiver na guarita. Eu nem sabia que tinha que pagar e ele foi cobrar o estacionamento já lá dentro do museu. Não paguem esse mico!

DCIM103GOPROGOPR4088.

Nordkapp, Fim do Mundo

Quando me vi na área do Cabo Norte, fiquei embasbacada diante da imensidão azul e sem vestígios de terra à minha frente. Eu me senti no Fim do Mundo e aquela sensação era maravilhosa! E como é lindo! Ainda mais quando a paisagem mistura neve fofa acumulada e um majestoso pôr do sol.

*O que fazer em Nordkapp:

– Visitar a Capela de São João (St. Johns Chapel)

– Conhecer o Museu (Thai Museum)

– Ir a caverna (Cave of Lights)

– Ter uma bela visão da Kings View

– Ir a Royal North Cape Club

– Assistir a um filme panorâmico sobre Nordkapp

– Tirar foto das e com as bolachas

– Tirar foto no globo durante o entardecer

– Ir ao restaurante e tomar um café ou chá

– Apreciar o pôr do sol e perceber que no inverno o sol “percorre” um caminho menor entre amanhecer e entardecer

– Refletir sobre o quão maravilhosa é a vida

North Cape TripBruta 6-01

Por do sol em Nordkapp

*Curiosidades:

– Aproximadamente 260.000 pessoas visitam o Nordkapp por ano

– É o ponto terrestre mais ao norte da Europa

– Um dos desenhos de uma das bolachas foi feito por um brasileiro chamado Rafael.

Aurora Boreal TripBruta

Melhor presente de aniversário da vida!

Ao final do dia, fomos dirigindo de volta para Alta, já cansados e eis que começamos a ver várias irish clouds, como o próprio nome sugere, são nuvens coloridas como arco íris. A noite foi tomando conta e, para minha surpresa, mesmo com o site do forecast informando nível(?) 2, eis que vejo a Aurora Boreal, bem na minha frente, na madrugada do meu aniversário.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s