Trilha dos Platôs

A trilha dos Platôs está situada no PARNIT, bem próxima ao Parque da Cidade de Niterói. Possui dois mirantes a 260 metros de altitude, dos quais têm vista para a Região Oceânica da cidade de Niterói e um terceiro mirante pouco conhecido, que é na verdade uma clareira utilizada para a prática de motocross.

caminho.jpg

Trilha dos Platôs – parte mais aberta da trilha

Como chegar:

De carro: Chegando à pracinha de São Francisco, seguir a placa que indica a subida para o Parque da Cidade de Niterói. Se prepare, vai ser um subidão! O caminho é bem íngreme, o que vai indicar que estará na direção correta.

A pé: Subir andando pelo mesmo local dos carros ou subir parte do caminho pela trilha dos blocos, que se encontra do lado direito da calçada onde passam os carros depois de um pouco de subida íngreme.

Ao chegar à Sede da Guarda Municipal Ambiental, estacione o carro e vá andando pela estrada Nossa Senhora de Loudres. Após 600m de caminhada, do lado direito, encontrarás o início da trilha dos Platôs, que estará indicando, na placa, como Mirante do Platô II. Neste ponto começa uma caminhada leve, de fácil orientação e sem muitos desníveis altimétricos. Além disso, são 1600 metros de trilha, o que a torna ideal para iniciantes.

Já no começo da trilha dos Platôs, você irá se deparar com uma bifurcação. Se seguir à esquerda, encontrarás dois platôs, mas se for para a direita, encontrarás o terceiro platô e um local cheio de eucaliptos.

Mirante do Platô I TripBruta

Mirante do Platô I com vista para Piratininga, Região Oceânica de Niterói

Seguindo à esquerda na primeira bifurcação:

Após 15 minutos de trilha, você encontrará mais uma bifurcação e, a sua esquerda, estará o primeiro platô. Parte deste platô foi usada até o fim dos anos 80 como pista de vôo livre e, posteriormente, substituída pelas rampas que ficam próximas ao centro de visitantes do Parque Natural Municipal de Niterói.

Mirante do Platô II TripBruta

Mirante do Platô II

Voltando para o mesmo caminho e agora seguindo à direita, iremos ao segundo platô, este com uma vista um pouco mais aberta, porém com mais vista para os morros que para o mar.

casebre  TripBruta

Casebre abandonado

Seguindo à direita na primeira bifurcação:

Aqui logo quando viramos, tem um casebre, ou o que restou dele, onde é possível fazer ótimas fotos. Não achei indícios de cobras ou outros animais do gênero, mas o casebre é lotado de aranhas bem coloridas.

Eucalipto TripBruta

Respire e sinta o aroma doce do eucalipto

Seguindo reto mais uns minutinhos, pare e respire bem fundo. O cheiro de eucalipto estará por toda parte! Indo sempre pela esquerda, chegarás ao terceiro platô, que é na verdade uma clareira onde nitidamente há a prática de motocross, com rampa e alguns obstáculos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s