Parque Nacional dos lagos Plitvice (PARTE II)

Logística de visitação do Parque Nacional dos Lagos Plitvice

Horário de abertura:

O Parque abre durante todos os dias do ano, das 8h às 16h, com horários especiais entre abril e outubro, quando abre mais cedo e fecha mais tarde. E sim, ele abre domingos e feriados também! Os dois estacionamentos abrem às 7h e fecham por volta das 20h.

Os meios de transporte que ficam dentro do Parque Nacional também têm seus respectivos horários de funcionamento. Os trens panorâmicos funcionam de 8h e 8h30, dependendo do trecho, e encerram os traslados entre 18h e 19h. Os barcos elétricos começam a funcionar ao mesmo horário, mas encerram uma hora mais cedo. Ambos têm horários de partida a cada 30 minutos e, durante a alta temporada, é normal ter filas (gigantescas!), já que eles estão inclusos no valor do ingresso do Parque.

Plitvice (4)

Passaporte para o paraíso!

As trilhas do Parque Nacional dos Lagos Plitvice estão dividas em basicamente duas partes: a parte dos lagos baixos (4) e a dos lagos altos (12). A minha opinião é que a parte dos lagos baixos ganha por ser a mais bonita, enquanto que a dos lagos altos é a mais surpreendedora. Não deixe de sempre ter em mãos o mapa do local ou até compre um se achar necessário, senão você vai se perder e pior, poderá deixar de conhecer as partes mais maravilhosas do Parque.

Os lugares imperdíveis para a visitação são a Great Waterfall, maior queda d’água da Croácia, que fica em um penhasco; o travertino, que é um fenômeno natural que só vi no Parque Nacional dos Lagos Plitvice até hoje – é um depósito de rochas calcárias; e o Kozjak, que é o maior e mais profundo lago do parque – mas o que o faz ainda mais especial, é que mesmo tão fundo, suas águas são cristalinas e transparentes.

Assim que chegar ao Parque, olhe o mapa do seu canhoto e a placa que tem logo na entrada. Não vou mentir, o parque é gigante e, para conhecer tudo, vai ser necessário andar bastante. O caminho completo pelo Parque dura em torno de 8 horas. Então decida a trilha que deseja fazer e boa caminhada!

Plitvice (2)

Cada canto, um encanto.

Trilhas dos Lagos Baixos:

Essa trilha ganhou o título de parte mais bonita pelos turistas (e por mim), pois é onde está a Great Waterfall. São imensos paredões que formam um penhasco íngreme, moldando o local por inteiro. As águas são transparentes, mas mudam de cor conforme a incidência da luz, podendo variar entre o azul-turquesa e o verde-esmeralda.

Essa parte do Parque é composta pelos lagos: Milanovac, Gavanovac, Kaluderovac e Novakovica Brod. No decorrer desta trilha, você irá se deparar com caverna Supljara, que é nada mais nada menos que uma caverna vertical absurda de linda, mas experimente desviar um pouco teu caminho dentro da caverna para ter uma visão incrível da beira do penhasco.

Nesta parte, como os lagos são menores, os turistas caminham em passarelas de madeira bem ao lado das quedas d’água e ao voltar desta trilha, você irá encontrar um lugar chamado Vidikovac. Este mirante vale a pena! É o local onde podemos tirar a foto mais clássica do Parque Nacional dos Lagos Plitvice e dá até pra acreditar que foi feita com o auxílio de um drone. Ao final da trilha, na volta (o caminho termina no terminal do barco), tem cafeteria e banheiro.

Plitvice (13)

Dependendo da incidência do sol, a água pode adquirir tons azuis ou esverdeados

Trilha dos Lagos Altos:

Esta parte tem nada menos que 12 lagos: Proscansko, Ciginovac, Okrugljak, Batinovac, Veliko, Malo, Vir, Galovac, Milino, Gradinsko, Veliki Burget e Kozjak, todos com diferentes níveis de altura e com muitas cachoeiras, que rendem ótimas fotos.

Nessa trilha você usa o barquinho para encurtar as distâncias no lago Kozjak, porém, no inverno, o serviço é interrompido e parte da trilha fica fechada. Como nessa parte os lagos são maiores, não dá para ficar tão pertinho das quedas, só sendo possível margear os lagos ou estar no meio de um deles com o barquinho. Mesmo sendo a parte menos bonita, ainda assim é incrível!

Na volta da trilha pelos Lagos Superiores, tem lugar para comer e descansar um pouco as pernas. Depois, é voltar por onde você entrou e finalmente terminar a visitação pelo Parque Nacional dos Lagos Plitvice. Essa é a parte mais incrível e surpreendente de todo o Parque, pois você segue pelo trecho mais alto e consegue ter uma visão ampla e magnífica de todo o lugar lá, sem nenhuma interferência.

Plitvice (3)

Vista do alto

Melhor época do ano para ir:

Minha opinião: todas! Mas claro que você é quem tem que ver e avaliar o que é melhor. No verão o Parque fica borbulhando de turistas, além de ser muito quente e nos meses de julho e agosto há fila de espera para tudo; no outono a paisagem se transforma e fica tudo nos tons avermelhados típicos da estação; no inverno algumas zonas podem congelar, havendo chances de nevar. A paisagem estará toda branquinha, porém o ponto negativo é que uma parte das trilhas fecha, então não será possível conhecer todo o complexo e, sendo assim, os preços dos ingressos também são mais em conta; na primavera é tudo bem florido e amarelado, refletindo ainda mais os tons turquesa e esmeralda dos lagos.

Eu não saberia de fato qual escolher, então aproveitei minha primeira ida à Croácia para ver de perto o que eu só via em fotos. Fui no início da primavera e não me arrependo, mas certamente quero voltar no outono, minha época do ano favorita.

Plitvice (6)-01

Milhões de pessoas visitam este parque por ano!

Onde se hospedar:

Existem hotéis dentro do parque (mais caros) e nas cidades ao entorno (mais baratos), mas se você não estiver de carro, não aconselho ir para as cidades vizinhas, pois lugares como restaurantes e supermercados não são próximos uns dos outros e no final das contas a viagem poderia acabar saindo mais cara. Como não fiquei em hotel, não tenho como opinar qual é melhor ou pior, porém no site oficial do parque tem uma lista de acomodações.

Plitvice (16)-01

Aproveite cada segundo! Enjoy!

Dicas gerais para visitar o parque:

  1. Use o teu bom senso: nada de lixo no chão, não alimentar animais ou depredar o patrimônio.
  2. Vá com roupa esportiva, porque você vai andar MUITO!
  3. Utilize tênis confortáveis ou aquelas botas de caminhada.
  4. Leve baterias recarregáveis para a câmera – você vai querer fotografar tudo!
  5. Leve uma sacolinha e não largue teu lixo no parque, volte com ele.
  6. Leve água, pois no parque o preço é caro e não há vendinhas próximas umas das outras.
  7. Leve alguns lanchinhos, pois além de muita fila nas lanchonetes, não há variedade e os preços são altíssimos.
  8. Sempre que encontrar um banheiro, sugiro que aproveite. Faça valer esse teu achado, porque sabe-se lá quando você irá encontrar outro.
  9. Leve protetor solar e use-o, independente da época do ano.
  10. Leve um agasalho, pois como o parque fica próximo às montanhas, mesmo no verão pode fazer um friozinho, principalmente pela manhã.

Espero que tenham gostado do Parque Nacional dos Lagos Plitvice tanto quanto eu e que tenham ficado com vontade de pegar o primeiro avião para a Croácia para poder aproveitar um dia inteirinho neste paraíso!

Para mais informações: www.instagram.com/tripbruta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s