Aruba: quase uma local

Aruba é um país situado na América Central e faz parte do Caribe. Tem um clima constante durante o ano, sendo excelente opção para ir a qualquer época. Os meses de outubro a dezembro são os mais chuvosos, mas por experiência própria, são apenas chuvas rápidas que não atrapalham em nada o passeio. E é sempre bom lembrar que Aruba não faz parte da rota dos furacões!

O país tem apenas três cidades: Oranjestad (capital, Centro), Palm Beach (área de hotéis luxuosos pés na areia, Norte) e San Nicolas (cidade onde a maioria dos nativos moram, menos turística, no Sul). São falados quatro idiomas por aqui: inglês, espanhol, holandês e papiamento, o que facilita muito a comunicação com os estrangeiros.

Navio em Aruba

Papiamento é um idioma que só é falado nas ilhas ABC (Aruba, Boinare e Curaçao) e, segundo um guia local, esse idioma é uma mistura de línguas latinas (por exemplo: italiano, francês e o próprio português). A palavra “bem vindo” se fala “Bon Bini”.

Quanto ao planejamento da viagem, dessa vez não fui a mais organizada possível e nem planejei com muita antecedência, pois não tinha ideia de quando seriam minhas férias. Comprei a passagem no final de agosto/2018 com destino a Aruba para meados de outubro/2018.

Aeroporto Panamá

Não era alta temporada e o preço de ida e volta, saindo do Rio de Janeiro, saiu a R$1753 com taxas. O critério de escolha para a viagem foi: destino caribenho com o preço mais acessível. A companhia aérea que oferecia a melhor oferta era a Copa Airlines, que tinha vôos com escala no Panamá.

Para entrar em Aruba e no Panamá são necessários apenas um passaporte válido (com pelo menos 6 meses de validade até a passagem de volta) e a comprovação da vacina contra a febre amarela.

Meu vôo saía por volta de 01:30h (sim, da madrugada! Haha) do Galeão com chegada ao Panamá prevista para às 6h30 (horário local, pois o fuso do Panamá são duas horas a mais). Aguardei cerca de 1h30min para a minha escala, então fiquei só pelo aeroporto mesmo. Apesar do pouco tempo, fiz questão de dar uma volta pelas lojas para verificar o tal imposto zero. Procurei por chapéus panamá e o mais barato que encontrei custava $18. Não achei promoção no aeroporto, muito pelo contrário, os preços eram altos para o que era oferecido.

A lindíssima Aruba! – Praia das iguanas

Cheguei em Aruba às 12:30h (fuso +1h do Brasil) e comecei a minha aventura caribenha do jeito mais local possível, haha. Pra começar, o aeroporto de Aruba é lindo! Todo decorado e com o slogan “One Happy Island” em todo lugar, inclusive os carros vem com isso escrito na placa. Uma curiosidade que acho de extrema importância: a CLARO pega em Aruba! Isso mesmo, não precisa ficar comprando chip extra e nem contratar planos caríssimos. No Panamá também pega.

Mesmo assim, se você preferir comprar um chip com plano de internet, dentro do aeroporto tem dois stands com telefonias locais (Digicel e Setar). Os preços são quase os mesmos, mas se o seu hotel já disponibiliza wi-fi, não tem porque gastar com isso.

Ao passar pela imigração, quase saindo do aeroporto, tem um stand bem interessante com uns panfletos contendo informativos, descontos em restaurantes, barzinhos e lojas. Parei ali para dar uma olhada e uma moça veio falar comigo, oferecendo uma bolsa (tipo de praia) onde colocou os panfletos e me deu de presente. Então #ficaadica, a bolsa é boa!

Ao sair do aeroporto fiz questão de pegar um ônibus (estava com malas pequenas) para já entender a vida local. O táxi tem preço tabelado para toda a ilha e sairia bem mais caro. A parte mais difícil da viagem foi descobrir onde estava o ponto de ônibus. Levei mais de meia hora para achar o local.

Terminal Oranjstead (“grande” ponto de ônibus difícil de achar)

Saindo do aeroporto de Aruba, há uma avenida em frente e eu teria que atravessá-la e perceber um pequeno recuo com um banco no meio do nada! Claro que isso nem passou pela minha cabeça. Eu avistei algumas pessoas indo para lá e fui atrás. A passagem custa $2,60 ou 4,50 florin arubano. Em todos os lugares que você for eles aceitam as duas moedas (inclusive a mistura das duas), até no ônibus.

Conselho: leve somente dólar. Dificilmente você vai encontrar uma casa de câmbio que venda florin holandês e o dólar é muito bem aceito em Aruba. A maioria dos lugares que fui nem colocava o preço em florin, pois o país vive de turismo e a maior parte dos visitantes vem dos Estados Unidos da América. Inclusive eles tem até uma área de embarque própria.

É bem provável que você receba o troco de tudo em florin. Eu preferi juntá-los para usar no ônibus e deu muito certo. Importante: $1 = 1,75 florin, taxa fixa.

Local para carregar o celular, via placa solar

Voltando ao ônibus, não era nada demais, sem ar condicionado e com bancos relativamente duros. Mas como boa turista, eu descobri que todos os ônibus que passam pelo aeroporto no sentido Oranjestad vão para o terminal. Basicamente é assim, temos o terminal Oranjestad, que fica no Centro e temos as linhas que saem do terminal e vão para o Norte (Palm Beach) e as linhas que vão para o Sul (San Nicolas).

Se você estiver no Norte e quiser ir para o Sul, obrigatoriamente vai ter que pegar dois ônibus (um até Oranjestad e outro até San Nicolas). O aeroporto fica em Oranjestad (só que mais afastado, em direção a San Nicolas), então bastava eu pegar algum ônibus que estivesse vindo de San Nicolas para Oranjestad, pois o hotel que eu ficaria nos primeiros dias (Renaissance Aruba Resort & Casino) fica a uma quadra do terminal. Detalhe, além dos ônibus existem vans que fazem o mesmo percurso cobrando o valor de $2.

Rua em San Nicolas

No trajeto, percebi que o país não é de primeiro mundo, há muitas áreas mais “precárias” pela ilha, mas isso em nada interfere na receptividade dos locais. As pessoas são muito atenciosas e o motorista do ônibus é muito gentil e tenta sempre ajudar, inclusive eu peguei várias vezes viagem com o mesmo motorista. Ao chegar no terminal, andei uma quadra e já encontrei o meu destino: Renaissance Aruba Resort & Casino, o resort 5 estrelas mais maravilhoso de Aruba!

Para mais informações: http://www.instagram.com/tripbruta ou @tripbruta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s